Cunha, o ex-amigo dos movimentos de rua

Quando lembro da galera dos movimentos de rua “endeusando” Cunha, enquanto eu era a única voz contrária, penso em uma só palavra: ingenuidade.

Cunha em reunião com líderes dos movimentos de rua

Pelo Twitter Cunha divulga reunião com líderes dos movimentos de rua

A gana de tirar o PT do poder não pode ser maior do que a de escolher com quem quer dividir o campo de batalha.

Os fins não podem justificar os meios, principalmente quando os “maquiavéis” disponíveis não passam de cordeiros. Se é para entrar no jogo da política, é preciso entender a engenhosidade de suas engrenagens e de seus movimentos.

Sim às vezes é não. Não é talvez. Talvez pode ser nunca. E a mídia raramente diz o que deveria ser dito.

Agora Cunha, diante de sua imagem combalida por derrotas no próprio campo, como quando não conseguiu aprovar o “distritão” — modelo eleitoral que beneficiaria a igreja — e pela exposição de suas entranhas na Suíça, é a Geni da vez, o leproso que ninguém quer abraçar.

Se os movimentos realmente quisessem vencer e obter vitórias significativas para a população, teriam que abrir mão de projetos eleitorais próprios e mirar mais algo.

Para tal seria preciso perder a ingenuidade sem macular o caráter. Usar mais inteligência do que força. Só assim se vence uma batalha estando em menor número. Só assim se pode olhar para o adversário, vitorioso ou derrotado, de cabeça erguida. Só assim se tem legitimidade.

Longe disso, movimentos optaram por pressões inoportunas e por líderes de barro. Deixaram o dever de casa por fazer ao não se infiltrar na comissão da reforma política como deveriam, bem como, se afastaram dos temas mais importantes do debate e também dos grandes mobilizadores do Congresso.

Mesmo adultos, mostraram ser meninos em meio aos lobos.

O fracasso dos movimentos, apesar de previsível, é ao meu ver muito indigesto. Quanta energia e esforço mal aproveitados… Muito barulho, pouco resultado. Um grande desperdício.

O resultado não poderia ser outro: nada mudou. Aliás, pior que estava ficou. Maldito Tiririca.

Divulgue:
0

Tags: , , , ,

About Marcelo Vitorino

Estrategista de comunicação digital, que atua como consultor para instituições públicas, privadas e de terceiro setor.

Deixe seu comentário

Loading Facebook Comments ...

No comments yet.

Leave a Reply

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial

Gostou do conteúdo? Compartilhe-o em suas redes!

Facebook0
Facebook
Google+0
http://perolaspoliticas.com.br/cunha-ex-amigo-dos-movimentos-de-rua/">
LinkedIn
RSS
Siga por email